Dicas para passear com o seu pet em período de quarentena

Recomendações e cuidados para as pessoas neste momento não estão faltando. Lavar as mãos corretamente, passar álcool em gel 70%, sair de casa apenas de máscara, trocar as roupas ao voltar da rua e muitas outras dicas.  A principal recomendação no período é a do isolamento social e sair de casa apenas se for realmente necessário e inevitável. Mas, será que o passeio com os pets está nessa lista? Os animais pegam o Covid-19? Existem cuidados e recomendações para esse cenário? Confira as informações e dicas sobre o assunto!

A importância do passeio para os cães

Passear regularmente com o seu pet ajuda a manter a saúde mental dele em dia. E não apenas isso, alguns cachorros precisam praticar caminhadas para evitar outros problemas de saúde como a obesidade canina.

O passeio pode ajudar cães com depressão, hiperatividade e também problemas de comportamento. Especialmente para aqueles que já estão acostumados a dar aquela voltinha ao menos uma vez ao dia, deixar de fazer isso pode fazer com que ele tome algumas atitudes indesejadas em casa.

Nesse caso, o que fazer? Todos os animais precisam caminhar durante o isolamento social? A recomendação principal é que os passeios sejam suspensos. Devem manter os passeios apenas aqueles animais que só fazem as necessidades na rua.

 

Cuidados necessários ao sair de casa com o pet

Se o seu cachorro realmente precisa sair de casa, existem algumas recomendações para manter a saúde de todos. Para os tutores as recomendações são as mesmas ao sair de casa:

  • Use máscara;
  • Não toque olhos, boca e nariz, nem mesmo por cima da máscara;
  • Mantenha a distância de, pelo menos, 1,5 metro de outras pessoas;
  • Higienize as mãos lavando de forma correta e use álcool em gel 70%;
  • Troque seus sapatos ao voltar para sua casa.

Os pets também precisam de atenção nesse momento, portanto, a primeira recomendação básica é a utilização de guias, para manter a segurança do seu pet e das demais pessoas na rua. Veja outras dicas para sair com os pets:

  • Faço os passeios em horários com pouco movimento na rua;
  • Não deixe que o animal brinque com objetos estranhos na rua;
  • Leve saquinhos para retirar as fezes do animal da rua e jogue no lixo;
  • Ao chegar em casa lave as patas do pet com água e sabão, preferencialmente próprio para cachorro;
  • Seque bem as patas, especialmente entre os dedos, para evitar problemas de saúde e outras bactérias.
  • Você também pode utilizar lenços umedecidos ou produtos para banho a seco para higienizar as patas.

No caso dos pets não se deve utilizar álcool em gel nas patinhas, pois pode prejudicá-las e causar alergias.

 

O que fazer com o animal em casa?

Para os animais que terão seus passeios interrompidos, será preciso novas atividades para distrair o pet dentro de casa e manter sua saúde em dia de forma criativa.

Seu o seu animal faz as necessidades na rua, que tal treiná-lo para utilizar tapetes higiênicos ou jornais? Você vai precisar de um pouco de empenho e será necessário recompensá-lo quando ele acertar o local.

Pratique exercícios físicos com o seu animal. Se tiver um quintal, que tal correrem juntos ou utilizarem alguns brinquedos como bolinhas e outros apetrechos? Tente trocar os brinquedos para não repetir todos os dias, assim você manterá o interesse do animal.

Brinquedos interativos com bolinha com ração dentro podem deixá-los entretidos por mais tempo e eles irão gastar mais energia ao longo do dia.

Veja também algumas técnicas de adestramento para tentar ensinar novas táticas ao seu pet, assim, além de ajudar a educá-lo, vocês também passarão mais tempo juntos.

 

Mudança de comportamento do pet

Em alguns casos o animal não consegue se adaptar a nova rotina e começa a demonstrar sinais de estresse, como a destruição de brinquedos, roupas ou móveis. Ele também pode ficar mais quieto e sem energia.

Caso isso se mantenha, será necessário manter os passeios por uma questão de saúde do animal, porém tente diminuir a quantidade de tempo e vezes em que saem na rua. Se antes vocês faziam passeios todos os dias, tente um dia sim e outro não.

Se o passeio for realmente necessário, siga as recomendações de higienização para tutores e pets já mencionadas nas dicas anteriores.

 

Tutor com Covid-19

Como ainda não se sabe ao certo sobre o novo coronavírus em animais, o mais indicado é que o convívio com o animal seja cortado até que o dono esteja recuperado. Deixe o seu pet com algum familiar ou amigo de confiança para que a rotina do animal não fique desestabilizada.

Vale lembrar que em caso de teste positivo a pessoa deve se manter em isolamento total até que o vírus não esteja mais presente.

 

Além dos passeios devo levar o pet ao veterinário?

Mais importante do que o passeio com os pets, as visitas ao veterinário são essenciais para manter as vacinas ou tratamentos em dia. As mesmas recomendações de higiene devem ser seguidas.

Lembre-se que cada caso é diferente e para verificar a real necessidade do passeio com o animal recomendamos levar o seu animal em uma clínica veterinária de sua confiança. As visitas também serão importantes para entender a frequência que o animal deve voltar ao veterinário e o que é possível fazer com o pet enquanto você estiver em casa.

Cuide de você e do seu animal para passar pela fase de isolamento social de forma segura e visando os melhores cuidados no período até que tudo se estabilize.