Cuidados com gatos: como fazer o seu gato viver mais e melhor?

Todas as pessoas que possuem um animal de estimação adorariam que eles vivessem por muito mais tempo. Uma das curiosidades sobre gatos em especial é que sabemos que os gatos possuem o período de vida entre 20 a 30 anos.

Mas diversas medidas são necessárias para que o gato atinja a longevidade com bastante saúde, principalmente com muita qualidade de vida ao longo dos anos.
Por isso, separamos alguns desses cuidados com gatos, de extrema importância, para você conhecer.

Outros cuidados com gatos: vacinação

A proteção para seu gato é um dos principais fatores quando falamos de cuidados com gatos, pois diariamente todos os gatos são expostos a diversos patógenos e doenças e, seja por uma questão ambiental ou então de sua própria imunidade, podem acabar sendo afetados.

E muitas delas podem ser controladas anualmente, um exemplo principal que temos é o uso da vacinação.

Quando falamos de cuidados com gatos, talvez esse seja o que afete mais drasticamente a expectativa de vida dos seus bichanos.

Muitas clínicas e hospitais seguem um esquema com carteirinha, que vem de maneira completa e muitas delas com o reforço anual.

É de extrema importância ter a vacinação do seu gato em dia, principalmente de maneira preventiva contra doenças infectocontagiosas.

A vacinação deve ser realizada por um médico veterinário, de preferência em locais de fonte confiável! Pois o local deve manter a vacina refrigerada e não ter estoque de vacinas vencidas.

O esquema de vacinação se inicia quando você possui um gato filhote, ele deve seguir o seguinte padrão:
∙ 60 dias: 1ª dose da vacina múltipla;
∙ 80 dias: 2ª dose da vacina múltipla;
∙ 120 dias: 3ª dose da vacina múltipla;
∙ 130 dias: antirrábica

Se o seu gato não é mais um filhote, o protocolo de vacinação deve ser diferente, ele receberá duas doses da múltipla com o intervalo de 21 dias e a vacina deve ter o reforço anual!

Uma das curiosidades sobre gatos que envolve a vacinação é que, mesmo quando feita por profissionais, a aplicação pode não ser feita corretamente.

Então é importante ficar de olho em qualquer paralisia local ou andar mancando.

Um dos mais importantes cuidados com gatos: vermifugação

Além da vacinação, é muito importante ter a vermifugação em dia, para realizar o controle dos vermes, que são muito comuns nos animais de estimação e causam extremo desconforto.

O reforço da vermifugação é anual.
Um outro ponto dos cuidados com gatos é o controle de pulgas e carrapatos, que também não deve ser esquecido!

Muitas pessoas pensam que esses parasitas causam coceira apenas, mas não, os carrapatos podem ocasionar diversas doenças.

  • Por isso é importante ter o controle adequado, principalmente se o seu gato tem acesso à rua ou se você mora em casa com quintal.

Não se apavore se o seu gato estiver com pulgas ou carrapatos, isso acontece porque esses pequenos animais também andam pelo ambiente, então é normal acontecer

Quando falamos de vermifugação também temos algumas curiosidades sobre gatos. Por exemplo: Nós sabemos que os gatos que andam livremente pela rua estão mais propensos a adquirir vermes e parasitas, mas você sabia que é igualmente importante vermifugar seu bichano mesmo se ele fica somente dentro de casa?

Ainda sobre os cuidados com gatos, não podemos deixar de comentar, que você deve sempre realizar visitas de rotina ao veterinário.
Nós temos o péssimo costume de procurar o veterinário apenas quando o nosso animal fica doente. Esquecemos de realizar um check-up anual no nosso animal de estimação.

  • Adote esse hábito! Antes saber que a saúde do seu gato está em dia, do que ser pego com surpresas desagradáveis a respeito, esse sem dúvida é um dos principais cuidados com gatos que se deve ter!
  • Guarde também em uma pasta separada resultados de exames, assim como receitas.

Tenha conhecimento das doenças em gatos

Ter um conhecimento básico sobre os cuidados com gatos envolve saber um pouco das principais doenças que os gatos são acometidos é de extrema importância.

Obviamente você não precisa ser um expert no assunto, mas aqui vão algumas doenças que merecem ser estudadas:

• Esporotricose
• Fiv e FeLV
• Doença inflamatória intestinal
• Hipertireoidismo
• Lipidose hepática
• Insuficiência renal crônica
• Diabettes mellitus
• Linfoma
• Hipersensibilidade

Mas que fique claro, que você não deve se basear apenas na internet para entender todos os cuidados com gatos e para identificar os sinais e sair fazendo diagnósticos e tratamentos sem o auxílio do médico veterinário.

Existem alguns sinais clínicos que podem ser indicativos de diversas doenças. E quem deve dar o diagnóstico diferencial sempre é o médico veterinário, por isso é necessário procurar um quando o seu gato apresentar qualquer sinal fora do padrão. Como por exemplo:

• Vômito
• Diarreia
• Dificuldade para respirar – os gatos nunca respiram de boca aberta
• Baixa ingestão de alimentos
• Alteração no comportamento
• Perda de peso progressiva
• Queda de pelo
• Falta de higienização
• Urina e fezes em locais não usuais
• Miados exagerados – principalmente se o seu gato é mais silencioso

Esses foram alguns exemplos apenas, pois uma lista de sinais clínicos de felinos pode ser gigante.

Sendo assim, não deixe de pesquisar sobre os assuntos e também conversar com o seu veterinário.

Dê uma boa alimentação para seu gato: boas práticas de cuidados com gatos

Cada espécie tem a quantia específica de alimento que deve receber, os gatos também, de acordo com a sua idade, peso e tamanho, para que todos os nutrientes sejam convertidos de maneira correta.

Por isso também faz parte dos cuidados com gatos ter BASTANTE atenção com a alimentação dos seus peludinhos! Comida para gatos também é um assunto que todo dono deve procurar saber!

A ração é o alimento mais dado para os gatos, e todos os seus componentes vem na quantidade adequada para a exigência dos felinos. E não deve ser excluída da alimentação dos gatos.

Como outra alternativa, existem a alimentação natural, que possui diversos benefícios como você pode conferir nesse artigo aqui! Mas antes de implantar a alimentação natural você deve ter em mente que:

  • Isso irá tomar um tempo seu, tanto na compra dos alimentos como em seu preparo, mas também irá fazê-lo economizar, como você poderá ver no link abaixo.
    • A alimentação natural não substitui os nutrientes encontrados em uma ração, por isso é importante realizar suplementação

Cuidados com gatos: como o gato se exercitar é importante

Quando pensamos em atividade física, geralmente esquecemos os gatos, pois eles tem o hábito de se exercitar em casa, não é mesmo?

Porém, uma das curiosidades sobre gatos que devemos lembrar é que não são todos os gatos que gostam de ficar se movimentando, alguns são mais preguiçosos e se puderem passar o dia todo dormindo, vão fazer isso com prazer.

A atividade física faz parte dos cuidados com gatos essenciais, ela tem diversos benefícios como:
• Aumento da força muscular
• Redução de problemas ósseos e musculares
• Redução da obesidade
• Atua como prevenção de riscos à saúde

Você deve estar se perguntando, como iniciar a atividade física, nós vamos responder.

Primeiro observe qual período do dia o seu gato está ativo, a maioria deles ficam mais ativos durante a manhã e à noite.

• Prepare-se para brincar com o seu gato antes de dormir, além de ser um momento divertido, irá aproximar mais vocês dois. E com certeza ele irá dormir mais tranquilo

Se você tiver os brinquedos favoritos do seu gato, eles também vão ajudar no momento da diversão.

Mas necessariamente você não precisa ter apenas brinquedos para realizar os exercícios com seu gato.

Uma alternativa para gatos solitários começarem a se exercitar é ter mais de um gato na sua casa, assim as brincadeiras serão garantidas a toda hora.