O que é a PIOMETRA e quais os possíveis tratamentos?

Você já ouviu falar em Piometra? É uma doença muito comum nas cadelas e gatas não castradas. Ela é basicamente uma infecção que se desenvolve no útero das fêmeas que, normalmente, já atingiram a maturidade sexual – por volta dos 5 anos de idade.

Como ela surge?

A Piometra ocorre por meio de uma alteração metabólica da progesterona. Os níveis do hormônio progesterona se elevam a cada cio da fêmea, a fim de preparar o útero para receber uma possível gravidez. Durante a vida do animal, esse ciclo se repete várias vezes, gerando um aumento da espessura das paredes uterinas. Quando não há uma gravidez, esse processo favorece o surgimento de quistos e infecções bacterianas.

 

Quais os principais sintomas?

Os sintomas mais recorrentes são:

  • Febre
  • Indisposição
  • Falta de apetite
  • Aumento de urina e coloração mais escura
  • Em casos mais graves, insuficiência renal, choque e septicemia
  • Se a Piometra for aberta, é possível que haja secreção com mau cheiro ou sangue

 

Como prevenir e tratar?

Por mais clichê que pareça, prevenir é sempre a melhor solução. A castração é a melhor forma de prevenção de Piometra. Também é recomendado evitar o uso de anticonceptivos, porque eles favorecem o surgimento da doença. Estar atento (a) a qualquer sinal de comportamentos atípicos e visitar com regularidade médicos veterinários de confiança, que vão assegurar diagnósticos e tratamentos o mais cedo possível.

Geralmente o tratamento é cirúrgico e implica na remoção do útero e ovários, além do uso de antibióticos e medicamentos recomendados pelo médico veterinário cirurgião.