Saiba como limpar o seu gato sem banhá-lo

Por mais limpos que os gatos sejam, em algumas situações a auto higienização não dá conta de remover toda a sujeira. No entanto, em caso se sujeira extrema, não é melhor dar banho utilizando água? Não, pois como muitos sabem, água e gato não combinam. A maioria tem aversão a esse modo de limpeza e forçá-lo será bem pior, por mais sujo que ele esteja. É por isso que a melhor opção é aprender a dar banho a seco, pois higieniza e não se torna um momento traumático.

O gato precisa mesmo de um banho a seco?

Os bichanos são animais naturalmente limpos. Eles dedicam até 4 horas do seu dia só para se lamberem, se higienizarem e manterem o pelo em ordem. A sua língua rugosa e áspera foi desenvolvida exatamente para isso, permitindo que toda a sujeira acumulada entre os fios da pelagem seja eliminada. Por essa razão, dificilmente você encontrará seu amigo completamente sujo.

Então, antes de comprar os utensílios para limpá-lo, tenha certeza de que é necessário. Em algumas situações ele apenas chegou um pouco encardido da rua e você já imaginou que precisava de um banho, sendo que nem esperou o processo natural de limpeza.

No entanto, existem casos que ele realmente precisa do auxílio do dono, por exemplo, se for obeso demais para se lavar eficientemente, estiver usando o colar elizabetano, a pelagem estiver ficando suja demais e o animal não der conta, alguma doença impedindo a limpeza diária ou se o felino for idoso. É para situações assim que o banho a seco serve.

 

Produtos utilizáveis:

Lenços umedecidos – esta é uma ótima alternativa na substituição ao banho com água. Esse produto desodoriza a pelagem do animal, remove alergênicos e espalha os óleos essenciais da pele. Pode ser encontrado em qualquer pet shop, mas lembre-se de escolher um com 0% de álcool, composto de ingredientes naturais (como lavanda e aloe vera) e que seja de uso veterinário.

Na hora que for limpar o bichano, escolha um momento que esteja relaxado e não irá reclamar, como após as refeições e brincadeiras, para facilitar seu trabalho. Se ele aparentar estresse ou agitação durante o banho, pare e tente em outro momento. Jamais force o animal a fazer algo contra sua vontade.

Um bom modo de acalmá-lo e deixá-lo confortável é fazer carinho antes. Mantenha os lenços umedecidos próximo de você para que comece o banho durante as carícias. Então, conforme passa a mão direita sobre seu pelo, pegue um lenço com a esquerda e comece a limpá-lo. Ele nem irá perceber a mudança e dificilmente irá se opor.

Dê atenção a todo o corpo e não só a região mais suja, distribuindo os óleos essenciais pela pelagem. Troque de lenço conforme vá ficando escuro. Utilize um novo para limpar a região facial. Com uma mão segure gentilmente a cabeça por trás e com a outra elimine os resíduos aos poucos. Por último, não se esqueça das patas, provavelmente a parte mais encardida do corpo.

Por mais práticos que os lenços sejam, utilize moderadamente. O uso em excesso irá ressecar a pele do bichano, além de impedir que a limpeza natural aconteça.

Shampoo a seco – Esse produto foi feito especialmente para a limpeza a seco dos gatos. Sua textura é espumosa e basta a escovação do pelo para retirá-lo completamente. Você encontrará em qualquer pet shop, das mais variadas marcas. Escolha um natural, não tóxico e que evitará o ressecamento da pele do animal. Na dúvida, peça ajuda a um vendedor de confiança.

Assim como os lenços umedecidos, aplique o shampoo quando o gato estiver calmo. Coloque um pouco sobre a pelagem e espalhe com a mão, como se fosse um creme. Massageie durante o processo para mantê-lo relaxado. Após distribuir a espuma uniformemente, remova através da escovação.

Opte por uma escova raquete (com pinos) para retirar todo o produto. Para evitar que ele lamba o shampoo que está em sua pele, fique brincando e distraindo com petiscos ou brinquedos. Se tiver outra pessoa disponível em casa, peça para ela realizar essa tarefa. Lembre-se de utilizar o item com moderação.

 

Mantenha uma rotina de limpeza

Um bom jeito de manter o gato sempre intacto é mantendo uma rotina de limpeza. Compre as ferramentas certas, como uma escova raquete e um desembolador para remover os nós ou emaranhados, e lembre-se as usar regularmente. Caso o bichano não se dê bem com escovas, opte pela luva para grooming.

Para felinos de pelo curto, passe a escova uma vez por semana e, para os de pelo longo, diariamente. Seja gentil durante o processo para o animal não se opor. Caso tenha nós, utilize o desembolador. Passe com cuidado para não o machucar.

Mantendo essa rotina de limpeza, dificilmente seu ficará sujo demais e precisará do banho a seco ou com água. Lembre-se de dedicar um momento especial para as partes delicadas do corpo, como olhos, boca e orelha. Reserve um dia só para higienizar essas áreas.