Saiba quais frutas e verduras são venenosas para os cães

Frutas e verduras são alimentos que podem complementar a dieta do cão, entretanto, algumas espécies podem ser tóxicas para o seu pet.

Confira abaixo, as frutas e verduras que você deve evitar dar ao seu pet:

Abacate: Tudo no abacate não é recomendado para os pets; desde a casca e caroços até as folhas. Isso se dá porque a fruta contém uma substância chamada “persina” (um fungicida que mata fungos e mofos), que apesar de ser inofensiva para humanos pode causar vômito e diarreia em cachorros, gatos, cavalos e algumas aves.

Tomate verde: A toxina alcalóide tomatina, que é produzida nos tomates quando estão verdes, é extremamente tóxica para os cachorros. Essa substância pode causar arritmias cardíacas, dificuldade de respirar, salivação abundante, diarreia e vômito. Quando o fruto amadurece essa substância se torna inerte, não trazendo mais riscos para a saúde do pet.

Maçã: Por um lado, a maçã é ótima para os cães. Ela possui fibras e pectina, que ajudam a regular a glicemia dos animais. Além disso, a quercetina (um anti-inflamatório natural) e outros antioxidantes potentes contra o estresse oxidativo e o câncer também podem ser encontrados na fruta. Entretanto, as suas sementes possuem cianeto, uma substância extremamente venenosa para os peludos.

Batata verde: Assim como o tomate, quando a bata não amadureceu por completo toxinas são produzidas. No caso, é a solanina, que pode causar náuseas, vômitos, convulsões e, posteriormente, problemas de coração. Essa substância desaparece quando a batata é cozida.

Groselha: Caso o seu cão consuma groselha por acidente, mesmo se não apresentar nenhum sintoma, leve-o imediatamente para o veterinário. A fruta possui altas doses de cianeto de hidrogênio, que podem causar vômitos, diarreia e problemas renais (que não se manifestam externamente) muito sérios.

Cerejas: Apesar de deliciosa, a cereja pode trazer grandes riscos para o pet! O problema não está na fruta, que pode ter sua parte carnosa ingerida pelo animal, mas em sua planta, caroços e casca. Elas contêm cianeto, que pode causar insuficiência respiratória e até a morte do cão!

Cebola e alho: Muito comum na mesa dos brasileiros, a cebola e o alho (assim como outros alimentos da família, como o alho-poró e a cebola roxa) são perigosos para os cachorros se forem consumidos em dose alta ou com muita frequência. Isso se dá pela presença do tiossulfato, substância presente nos alimentos e que é capaz de destruir os glóbulos vermelhos do sangue dos animais.

Uvas passas: Assim como a groselha, as uvas passas podem causar muitos danos internos no cão. A informação foi confirmada em 2014 pelo centro de controle de veneno ASPCA, mas até hoje a substância presente na fruta que faz tão mal aos bichinhos ainda não foi descoberta.

Após ver essas dicas, você pode saber que não se pode basear toda a dieta do seu pet em frutas e verduras, eles precisam de carnes, proteínas presentes nas rações próprias. Antes de introduzir qualquer outro alimento no cardápio do cão, consulte um veterinário.